Rede de Produtores Culturais da Fotografia no Brasil [RPCFB]

Rede de Produtores Culturais da Fotografia no Brasil [RPCFB]

A Rede de Produtores Culturais da Fotografia no Brasil surgiu a partir do 1º Encontro de Agitadores Culturais da Fotografia, realizado durante o 5º Paraty em Foco, em setembro de 2009, com a finalidade de estabelecer um canal de comunicação que consolidasse uma relação institucional entre os diversos setores da fotografia brasileira.

Naquele momento, foi redigida a “Carta de Paraty” (abaixo), que foi entregue ao Ministro Juca Ferreira, no dia 07 de dezembro de 2009, em Brasilia, por uma comissão de representantes da Rede. Assim, buscamos apresentar a RPCFB como uma legitima representante das iniciativas culturais brasileiras no âmbito da fotografia, capaz de manter uma interlocução direta com o governo. Mais detalhes desse encontro podem ser lidos no link abaixo:

http://www.paratyemfoco.com/blog/2009/12/rpcfb-em-reuniao-no-ministerio-da-cultura/

Em um segundo momento, no dia 05 de janeiro de 2010, tivemos nova reunião, desta vez com o Sr. Sérgio Mamberti, presidente da Funarte, e com Ricardo Resende, diretor do Centro de Artes Visuais, também da Funarte. Naquele encontro, aprofundamos a discussão sobre os editais para a fotografia a serem publicados pela Fundação no primeiro semestre desse ano, dentre outros pontos. Mais informações no endereço abaixo:

http://www.paratyemfoco.com/blog/2010/01/rpcfb-e-funarte-fotografia-no-brasil-e-reformulacoes-em-2010/

Frutos desse encontro, entre os meses de março e abril de 2010, a Funarte lançou o maior número de editais de fotografia dos últimos tempos, destacando-se entre eles, a reedição do Prêmio Marc Ferrez e um edital específico para festivais e encontros de fotografia.

Por fim, estivemos novamente na sede do MinC, no dia 10 de fevereiro, em uma reunião com o Secretário de Politicas Culturais, José Luis Herência, Micaela Neiva, da Secretaria Executiva do MinC e Juliana Nolasco coordenadora dos negócios da Cultura. Em pauta: o Encontro de Produtores Culturais da Fotografia no Brasil, a ser realizado em Brasilia; a pesquisa quantitativa das iniciativas culturais em nossa área, a ser realizada pela RPCFB, e seu desdobramento em uma pesquisa qualitativa a ser desenvolvida pelo Ministério.

Em pouco mais de três meses, o encontro tornou-se realidade!

De 27 a 30 de maio, 149 representantes de iniciativas culturais na área da fotografia, vindos de 17 estados brasileiros estiveram presentes em Brasília, naquele que foi chamado de 1º Encontro da Rede de Produtores Culturais da Fotografia no Brasil.

Durante esses dias, em um processo de verdadeira imersão, foram discutidos os mais diversos aspectos da fotografia e do fazer fotográfico nacional. Após uma intensa troca de experiências e discussões, foram levantadas mais de duas centenas de propostas e sugestões para a área. O encontro foi encerrado com a entrega do documento que reunia todas essas propostas ao Ministro Juca Ferreira e ao seu Secretário Executivo, Alfredo Manevy que, em suas falas, demonstraram uma fortíssima afinidade com os anseios daqueles que lá se encontravam.

Leia mais sobre o evento no endereço http://www.paratyemfoco.com/blog/2010/06/e-a-rede-foi-lancada/

A Rede saiu extremamente fortalecida deste encontro, sabedora que essa nova história só começou a ser escrita, mas com a convicção de que essa é uma grande obra coletiva, onde vários e belos capítulos serão escritos.

A Rede dos Produtores Culturais da Fotografia no Brasil conta com cada um de seus integrantes. Que sigamos juntos!

Guto Muniz, Associação de Fotógrafos Fototech
***************

CARTA DE PARATY

Paraty, 26 de setembro de 2009

Excelentissimo Senhor Juca Ferreira
Ministro de Estado da Cultura

A fotografia tem como especificidade o fato de ser a mais universal de todas as formas de representação do mundo visível, porque ela é praticada e consumida por todos. Ela é produto, informação, expressão, daí ser tão difícil e complexa uma representação ampla da produção e do fazer fotográfico.
O que atualmente melhor representa esse campo de trocas sociais, artisticas e empresariais no campo da fotografia são os encontros, festivais e iniciativas afins que englobam a sua difusão, produção de conhecimento, compartilhamento de saberes, formação de público, intercâmbio entre as regiões e que dão visibilidade a produção brasileira e internacional.
Os produtores culturais presentes no 1º Encontro de Agitadores Culturais da Fotografia realizado no 5º Paraty em Foco, nos dias 25 e 26 de setembro de 2009 decidiram criar a Rede de Produtores Culturais da Fotografia no Brasil com a finalidade de estabelecer um canal de comunicação que consolide uma relação institucional entre todos os setores.
Neste momento em que o Ministério da Cultura esta tomando medidas no sentido de reestruturar a relação do Estado com os diversos setores da cadeia produtiva da cultura, vimos trazer nossa contribuição para o melhor entendimento das questões relativas à nossa área, como a educação, difusão, produção material e intelectual, memória, serviços, formação de publico e inteligência de mercado, no sentido de somarmos esforços na definição de um programa efetivo de apoio à fotografia no Brasil.

São as seguintes as atividades que merecem ser destacadas:

Festivais e Encontros de Fotografia:
* Exposições fotográficas nacionais e internacionais;
* Palestras, seminários e oficinas;
* Leitura de Portfólio;
* Projeções e intervenções urbanas;
* Encontros setoriais;
* Formação de público e ações educativas;
* Publicações de catálogos, atas, livros e guias;
* Divulgação por mídia impressa e eletrônica;
* Difusão em tempo real de conteúdos dos festivais;
* Intercâmbio regional e internacional e
* Inclusão visual.

Iniciativas Educacionais:
* Escolas, cursos livres, Núcleos de formação e aperfeiçoamento;
* Ensino institucional nível médio e superior;
* Seminários, fóruns e projetos de criação e de reflexão e
* Inclusão visual e sócio-cultural.

Economia da fotografia
* Revisão dos critérios da carga tributária das empresas e dos produtos ligados a cadeia produtiva da fotografia;
* Galerias;
* Leilões;
* Prêmios, bolsas e incentivos e
* Publicações.

Assim sendo, contamos com o atenção de V. Excia. no sentido de objetivarmos a interlocução entre a Rede de Produtores de Fotografia do Brasil e o Ministério da Cultura para viabilizarmos politicas estruturantes para o campo da fotografia no nosso país.

Rede de Produtores Culturais da Fotografia no Brasil:

* Ricardo  Fasanello – Galeria da Gávea – RJ
* Patrícia Gouvêa – Ateliê da Imagem – RJ
* Ricardo Junqueira – Coletivo Potiguar – RN
* Patr‚cia Costa – cineasta – PA
* Bruno Veiga – Galeria da Gávea – RJ
* Ricardo Lima – PUC Campinas – SP
* Maira Ramos – Brazimage – Cidade Galeria – SP
* Lívia Condurú ˆ Produtora Cultural ˆ PA
* Ana Carolina Povoas ˆ Photo Pirenópolis ˆ GO
* Miguel Takao Chikaoka ˆ FotoAtiva ˆ PA
* Diógenes Moura ˆ Pinacoteca do Estado de São Paulo ˆ SP
* Iatã Cannabrava ˆ Estúdio Madalena ˆ SP
* Carlos Carvalho ˆ FestFoto POA ˆ RS
* Tiago Santana ˆ IFOTO / Tempo D‚Imagem ˆ CE
* Fausto Chermont ˆ NAFOTO ˆ SP
* Joana Mazza ˆ FotoRio ˆ RJ
* Milton Guran ˆ FotoRio ˆ RJ
* Máxime Delmotte ˆ Paraty em Foco ˆ RJ
* Giancarlo Mecarelli – Paraty em Foco / Galeria Zoom ˆ RJ
* Clicio Barroso ˆ Fototech ˆ SP
* Mateus Sá ˆ Semana de Recife ˆ PE
* Geyson Magno ˆ Coordenação de Fotografia FUNDARPE ˆ PE
* João Kulcsar ˆ SENAC ˆ SP
* Rubens Fernandes Junior ˆ NAFOTO ˆ SP
* Lucila Horn ˆ Duo Arte ˆ SC
* Lu Renata ˆ Duo Arte ˆ SC
* Andreas Valentin ˆ Pós Foto – UCAM ˆ RJ
* Wesley Andrade ˆ Escrita da Luz ˆ AM
* Marcelo Reis ˆ Casa da Photographia ˆ BA
* Nair Benedicto ˆ NAFOTO ˆ SP
* Jefferson Coppola ˆ Campinas  – SP

Anúncios